Mesa redonda – Diga não ao suicídio, diga sim a vida

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, saúde mental é um estado de bem-estar no qual o indivíduo é capaz de usar suas próprias habilidades, recuperar-se do estresse rotineiro, ser produtivo e contribuir com a sua comunidade. Nos dias atuais devido ao stress do dia a dia e as circunstâncias em que muitas pessoas vivem os agravos relacionados a saúde mental tem aumentado, ou ainda, tem se dado maior destaque aos cuidados dispensados a estas pessoas, no entanto muitas vezes a família e a sociedade ainda tem preconceitos que precisam ser superados, além de participar ativamente no processo e tratamento destes usuários. Neste sentido se faz necessário levar maior informação aos usuários a fim de desmistificar o problema e buscar maior apoio as ações desenvolvidas no CAPS/Município.

A Importância do evento para o acadêmico é obter maiores informações sobre a questão do suicídio narrada e discutida por profissionais diretamente envolvidos.

Realização de mesa redonda teve a participação de quatro profissionais explanando os seguintes temas:

Tema 1: Relatos diários sobre o exercício da profissão de bombeiro na problemática do suicídio.

Palestrante: Anderson Rodrigo da Silva – 1º Tenente Bombeiro Militar.

Tema 2: A problemática do suicídio mediante o comportamento adolescente.

Palestrante: Adilson Pereira dos Santos – Psicólogo e Mestre em Psicologia.

Tema 3: Prevenção do suicídio: possíveis sinais.

Palestrante:  Laís Kelly Ferrete – Psicóloga do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família).

Tema 4: Tratamento: suicídio/ansiedade.

Palestrante:  Cesar de Lima Laydner – Médico do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial).

Mediadora da mesa: Katia de Paula Avelino Serafini – Psicóloga do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial).

O evento foi promovido com o objetivo de sensibilizar a população sobre os trabalhos desenvolvidos no CASP/Município relacionados aos agravos emocionais na adolescência, bem como a prevenção ao suicídio.

ASCOM/UNIFAMA